Entre Anjos e Demônios

Mudamos de endereço. Você jogar conosco acessando esse link: http://www.novaerarpg.com/f502-demonios-a-queda-storyteller
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
avatar
Mitzrael
Admin
Admin
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Ter Dez 05, 2017 12:10 pm

Alex se segurava em Krist e escultava o que novo tinha a dizer .

Desculpe trazer problemas a vcs , mas nao tem como eles ter vindo ja que nao viram pra onde fomos vamos manter esse local puro .


Alex olhava para a fugueira .

tem algo que procuro e um artefato creio qu esteja protegido pelos espiritos da floresta ele me pertence foi algo dado a mim pelo meu criador so com ela volto pertencer ao equilibrio .

vcs sabem de algo ??

Twisted Evil Twisted Evil

_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Sex Dez 08, 2017 10:21 pm

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 6/8
Tormento 1/4




No Interior do mundo   - ????




A pergunta de Alex era seguida por um evento tão sinistro que até mesmo o próprio Celestial ficou admirado. O mundo ao qual estavam se assemelhava mais ao mundo dos mortos do que o próprio mundo dos vivos. Os habitantes que estavam em volta da fogueira agiam como seres sem vontade, zumbis em movimentos mecanicos sem responderem as perguntas de Dustiel e até mesmo de Ravennael. 

Ravennael : - Hey, vocês ?! Por que não nos ouvem ? Dustiel, você revelou a sua verdadeira face. Esse lugar é o segundo mundo ? Quando é atravessamos a pelicula ? 

Ravennael ergueu suas longas asas negras e planou por um momento observando o local onde estava. Ela pousou logo em seguida e um punhado de terra ela levantou, a terra porém subiu tão vagarosamente quanto se estivesse em baixo d'agua. 

Ravennael : - Que lugar é este Dustiel ? Eu vejo seres, mas eles não estão neste plano, eles estão no outro mundo. Seus corpos são cheios de ódio, corpos sem vida. Eles irão aacar os aldeões ? 

O poder da fé de Ravennael reverberou em seu ser. Ela não poderia deixar que seres vítimados fossem atacados por criaturas hostis. Sua voz condenada ecoou pelas arvores agora escuras e espectrais de forma tão forte que as mexou como uma violenta ventania macabra. Até mesmo Dustiel sentiu a dor em sua essência e o pavor da aura Maligna de Ravennael de tanta ira. 

As criaturas porem hesitaram por um momento se protegendo com seus apendices semelhantes a braços humanos. Mas logo avançaram em seguida em direção aos aldeões da tribo em volta da fogueira. 


Não parecia haver qualquer resistência, as criaturas chegavam com seus olhos vermelhos e sua fúria aparente e dilaceravam com garras, mordidas e tiros. Os aldeões não conseguiam ter tempo para correr e eram alvejados por seus inimigos opositores. Ravennael então despertava uma ira insana e com seu semblante inteiramente ativo alimentava uma aura do pavor ainda mais forte. 

Rvennael : - Nãoooooooooooooooooooo

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Mitzrael
Admin
Admin
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Seg Jan 15, 2018 1:03 pm

Alex ficava surpreso com tais criaturas será que eles eram capazes de atraversar a pelicula ? assim como ele ? Rav o enchia de perguntas das quais nem ele sabia , e tal pouco saberia responde las mas ele tinha certeza de algo ele tinha de fazer algo para proteger os inocentes . ele entao ele vouo ate pertos dos aldeoes .

Ravi tire eles daqui agora irei conter esses mortos quando eles estiverem a salvo me fale ok tenho algi em mente .


Alex usava sua lanterna como arma fazendo els iram para sua direção e assim que os aldeos estivecem em um local mas afastado usaria o toque da morte em modo de tormento .

Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil

_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Sex Jan 19, 2018 10:47 pm

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 6/8
Tormento 6/4


No Interior do mundo   


Como a profecia, uma tempestade raivoza pairou naquele cenário antes tranquilo. Dustiel e Ravennael voaram rapido ao acude dos aldeões que naquele momento se assemelhavam mais a borrões da versão humana daqueles aldeões. Naquele momento Dustiel e Ravennael perceberam que o plano físico e espiritual se entrelassaram ali como uma grande porta dimensional e aquilo não foi obra de Dustiel aparentemente. 

Ravennael possuia uma aura pavorosa, seus olhos beiravam o vermelho apocaliptico do fim dos tempos, sua voz era capaz de afujentar algumas daquelas criaturas, nesse meio tempo ela tentava conduzir os aldeões para distante dos outros espectros, mas eram muitos. A maioria conseguia rasgar os aldeões e causar o desespero em massa. Ravennael sozinha estava tendo muitas dificuldades e Dustiel logo se viu inundado por alguns outros daqueles estranhos seres que pareciam mais humanos doentes, seus corpos eram decompostos como zumbis mas no lugar de seus braços eles tinham estranha formação ossea semelhante a esporas.  Antes que eles pudesse atacar Dustiel esse disparou uma grande dose de seu poder, tanto a vegetação como parte dessas criaturas foram atingidas no processo, Ravennael quase foi atingida também mas ela estava longe o suficiente para buscar abrigo. As criaturas perderam parte de suas Essencias mas estavam longe de serem destruidas daquela forma. 

Havia ao menos umas dez criaturas daquelas, talvez mais. Ravennael e Dustiel eram poucos em comparação aos espectros, uma dessas criaturas enfiou o braço de espora em uma das asas de Ravennael e rasgou, seu grito foi pavoroso e gutural, mas os espectros eram pura maldade e não se sentiram acuados pelas ações de Ravennael e Dustiel. Estava dificil levar os aldeoes para um lugar seguro. Aquele pequeno agrupamento de tendas e casas de palha era o unico refugio que esses aldeões conheciam. Pra onde iriam ? Os espectros ainda estavam incrivelmente ativos. 

Dustiel escreveu:
Teste de Vigor + Medicina para Decompor em Tormento Diff 6. = 3 Sucessos


_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Mitzrael
Admin
Admin
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Sab Jan 20, 2018 11:33 pm

Ravvvvv cuidado eles sao feitos de puro odio , nao podemos abaixar a guarda tem muitas pessoas inocentes em jogo .

entao vcs acham que podem comigo , sitam tomo meu poder que meu criador me propociono
eu sou o anjo da morte e vou devolver vcs ao seus reinos

Alex usava novamente seu poder em cada soco e chute usando a doutrina da morte . .

Ravi voee pra longe

gasto 1 fdv para o acerto . Twisted Evil Twisted Evil

_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Seg Jan 22, 2018 10:37 pm

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 5/8
Tormento 7/4 (+2 Tormento)




No Interior do mundo  

O desespero de Dustiel começava a ficar mais latente e perceptivel. Eram muitas criaturas daquela que usavam seus apendices para rasgar suas vitimas como se possuissem grandes furadeiras no lugar de seus braços. Uma das asas de Ravennael foram quase rasgadas em sua totalidade, Ravennael ainda lutava com 5 deles usando suas asas e seus gritos guturais para afastar-los dos aldeões. 

Não muito longe estava Dustiel que desesperado tentou socar o primeiro que estava mais próximo, o golpe não foi apenas para socar o inimigo, mas com o poder da decomposição Dustiel fez da criatura um pó esverdeado em instantes. Quando o segundo soco foi lançado, o ódio de Dustiel se fez presente outra vez e como um lacaio de radrakamus que era, o Elohim explodiu o poder da decomposição afetando todos os espectros nas redondezas e alguns poucos aldeões que morreram nas mãos de Dustiel. Agora o Elohim estava carregando o fardo de possuír vítimas devido a uma ação sua. Mas em meio aquela batalha toda por salvar Ravennael e os aldeões sobreviventes, não houve muito tempo para ele se preocupar com dano colateral. 

Boa parte dos Espectros viraram pó depois da utilização do poder, mas Ravennael ainda estava em apuros, sua asas sangrando e cercada, Ravennael colocava os aldeões para suas costas, mas ela estava bastante ferida desde a viagem do barco. Havia pelo menos uns 5 deles cercando Ravennael e o Elohim estava cada vez mais fragilizado. Dustiel percebeu que ao longe mais daquelas criaturas estavam começando a vir mas talvez ele ainda tivesse algum tempo sobrando, custoso seria para lidar com os 5 restantes em volta de Ravennael e dos aldeões. 

Citação :
1 ação Dustiel teste de Decompor Diff 6.(-3 dados) = 4 Sucessos
2 ação Dustiel teste de Decompor Diff 6. (-4 dados) = 2 Sucesso
Dustiel Teste de Consciencia Diff 9 = 1 Sucesso


_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Mitzrael
Admin
Admin
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Qui Jan 25, 2018 11:14 pm

Alex se sentir com o roção palpitndo mas forte , devido o medo de ver inocentes sofrendo em maos aqueles malditos .

mas antes que ele tive se tempo pra se acalmar viu que Ravi ainda estava em apuros .

Alex : Ravvvvv , tou indo te ajudar me espere .

Alex ia com suas asas negras em direção de Rav e a pegava em seus braços , e voava pra mas longe possivel , e voltava pra ajudar os demais aldeoes .

Alex : correm nao parem venham pra minha direção .

_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Dom Fev 04, 2018 9:03 am

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 5/8
Tormento 7/4 (+2 Tormento)




No Interior do mundo  

Ver Ravennael ter as suas duas asas mutiladas daquela forma era cruel demais para o Elohim. Ele sobrevoou o mais depressa que pôde rasgando os céus com suas asas negras e seu semblante sombrio per ser(aparente). As três criaturas restantes não pareciam ter o menor pudor contra o Celestial, suas mãos como brocas perfurantes rasgavam as penas de Ravennael, havia dor sim e Dustiel sentia cada teor de sofrimento de Ravennael naquele momento. Sua velocidade era incrivel e como uma estrela cadente ele angariou Ravennael naquele céu verde escuro e misterioso. Ravennael e Dustiel estavam longe o suficiente nos céus para se sentirem a salvo, o espirito alvo se conctava fortemente a Dustiel, ele sentia o sofrimento que ela passava pela dor primordial da perda e da dor. 

Ravennael : - Eles sofreram da dor por nossa causa Dustiel, nós trouxemos a desgraça para a aldeia deles. 

A consciencia de ambos estava cercada pela culpa de terem envolvido inocentes nesta busca pela espada da Morte e Vida. Quantas almas a mais teriam tormento até que Dustiel conseguisse encontrar o artefato que um dia já pertenceu a ele ? 

Do alto do céu verde escuro, Dustiel sabia que já não estava mais no primeiro mundo, mas estava em uma das várias camadas criadas pelos seus irmãos da sétima casa. As criaturas enfermas de puro ódio e carne rasgadas pareciam aumentar cada vez mais de número. Devido a visão privilegiada ele percebeu que as criaturas vinham de bolsões semelhantes a lagos que se localizavam em pontos estratégicos daquele lugar, eram como formigas desordenadas, em grande numero mas que não pareciam ter um proposito de rota, apenas trafegavam por caminhos aleatorios buscando qualquer tipo de movimento que pudessem atacar e rasgar, o principal objetivo daquelas coisas era enfiar aquela broca hedionda para rasgar qualquer coisa que se movimentasse. Todos os aldeões/ou seus espiritos foram obliterados por aqueles seres vicerais das profundezas do abismo. Ravennael ainda estava muito fragilizada e ferida. Precisava de cuidados e atenção. Como na profecia, os aldões foram devastados pela tempestade do ódio por causa de Ravennael e Dustiel. Mas qual foi o objetivo e como Dustiel encontraria o que procurava com tão poucas informações. Dustiel precisava re avaliar as informações obtidas ou sua busca nunca teria exito. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Mitzrael
Admin
Admin
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Dom Fev 18, 2018 11:35 am

Alex sabia que tudo aqui pode ter encadiado com mas rapidez devido a presença dele , mas aquele mal ja estava ali , o segundo plano ja possuia tais criaturas , onde será que estava o guardiao ? e porque nao ajudo os aldeoes ? eles eram inocentes , e sempre pediram sua proteção entao porque ele não apareceu ? será que tambem foi comrompido? Alex pegava Rave em seu braços e voava para o mas alto possivel e assim tentanva ter uma visao mas ampla do local , sabia que assim que estive se em poder de sua espada poderia trazer de volta os aldeoes .

Rav seja forte precisamos encontrar minha espada assim poderei te curar tambem . temos de achar ela logo pra acabar com esse nmal nesse local .

_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Qui Fev 22, 2018 11:28 am

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 5/8
Tormento 7/4 (+2 Tormento)


No Interior do mundo 

Com um pouco mais de tempo Dustiel pode ter uma visão da situação, ele ainda pode ver os bolsões por onde estavam migrando aqueles espiritos malignos, eram cerca de 3 bolsões do tamanho de pessoas adultas muito semelhante aos rasgos da mortalha que um Algoz costuma fazer. 

Tentando levar Ravennael para um lugar mais seguro, Dustiel viajou em direção contrária aos bolsões até uma gruta no meio da floresta umbral escondida e discreta, ele pôde acomodar Ravennael em um buraco que havia sido feito naturalmente no fundo dessa gruta. 



Ravennael se sentou com as costas encostada em uma pedra que escorria agua enquanto seu semblante fraco tentou descansar. Naquele plano era muito mais fácil perceber a destruição a essencia do que no primeiro mundo. Ravnnael estava a um passo de perder a conexão com seu hospedeiro Kristen e precisava descansar e regenegar o seu corpo físico. 

Ravennael : - Era certo de que ambos sabiamos que a profecia iria ser cumprida, mas eles não esperava que fosse tão rápido. Você realmente precisa achar a espada da Morte e Vida. Esse lugar não é seguro tanto para nós, quanto para a espada. Você precisa ir sem mim, eu preciso descansar ou posso ser tragada pelo abismo novamente. 

Fraca Ravennael tentava conversar com Dustiel, mas devido a dor ela sempre mantinha os olhos fechados e permanecia o mais imovel possível. 

Dustiel estava muito confuso, as informações lhe diziam que a espara estava em algum lugar ali. Mas onde ? O Algoz deveria voltar para a o primeiro mundo onde ele começou a sua jornada e buscar mais informações com Marcos ? Ele parecia saber muito sobre as lendas locais, 

Quem sabe Dustiel deveria invadir os bolsões a procura de mais informações sobre aquelas criaturas.

 Independente de sua decisão levar Ravennael com ele seria muito arriscado e doloroso para a Algoz que possuía sérias feridas em seu ventre e nas asas. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Mitzrael
Admin
Admin
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Ter Fev 27, 2018 7:54 pm

Alex via que a jornada de Rave estava no fim se ela continua se poderia ser seu fim .

Fique aqui , amor vc ja fez muito sou grato pela sua ajuda descance eu ja volto pra te buscar .
enquanto isso vou atraz de minha espada e ajudar vc e os aldeoes devo isso a eles .


Alex dava um beijo de ternura nos labios fracos e gelidos de Rave e dava uma ultima olhada pra traz ,e seguia em direção bolsões a procura de mais informações sobre aquelas criaturas , elas devem mostrar a causa disso tudo , mas ele seguia em sua forma mas furtiva indo investigando quem sabe todo esse turbilhao não foi causado deviso sua espada .
Twisted Evil Twisted Evil


_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Qua Fev 28, 2018 11:08 pm

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 5/8
Tormento 7/4 (+2 Tormento)




Reino Umbral da Floresta Negra 

Dustiel agora estava sozinho. Sua forma na umbra era a versão mais próxima do que o Elohim um dia foi. Uma criatura envolto da escuridão com longas azas corvinas e um tenebroso semblante de morte por onde passava. 

Ele atravessou o mesmo bolsão pelo qual aquelas criaturas haviam passado, devido a sua velocidade de voo aqueles espectros não perceberam quando ele velozmente passou pelo buraco, era como rasgar uma teia frágil. Ele se viu em uma floresta escura envolvida por uma forte neblina, estava tão escuro que parecia noite, mas mesmo escuro ainda era possivel enchergar os detalhes das arvores. Elas tinhas rostos como se fossem faces, o chão era muito macio, feito de terra umida e resto de folhas secas. A maior diferença entre a floresta Negra da Umbra e uma floresta normal era que as arvores pareciam ter vida própria uma grande e densa neblina cobria o chão e o corpo de Dustiel até os joelhos. 


Dustiel caminhou por um bom tempo naquela floresta até escutar um assobio forte que vinha de algum lugar, na verdade parecia vir de todos os lugares. Não era apenas um eram muitos assobiando como se quisessem zombar de Dustiel. Intrigado e um pouco impaciente o celestial procurou em todas as direções até achar uma figura do outro lado do rio, parecia uma mulher, uma senhora de muita idade. 


Dustiel pensou em ir até ela, mas havia um lago entre eles, curiosamente aquele lago era firme o suficiente para que ele pudesse atravessar, como um pista de patinação a agua do lago estava congelada. 

Quem era aquela mulher e o que ela podia dizer sobre quele lugar ou sobre a espada da Morte e Vida. Dustiel porem sentiu que logo depois dos pirmeiros passos em cima da lagoa, ela começou a afundar, seus pés afundaram por completo mas ele não queria que isso ocorresse. ele poderia voltar e tentar um caminho diferente ou poderia avançar e arriscar afundar naquele lago. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Mitzrael
Admin
Admin
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Qua Mar 14, 2018 8:48 pm

Alex sabia que não podia perder tempo , com aquilo , ele precisava reaver siua espada pra ajudar rav e os aldeoes .
Alex sobrevoava o lago com suas longas asas negras , i ficava diante a estranha velha .


Alex : eu nao seu inimigo e nem quero tomar seu reino , so vim pegar um aterfato que me perte se , preciso dele para retomar o equilibro desse e dos outros reinos , eu humildimente pesso sua ajuda , por favor naõ quero te causar problemas a vc .


Alex falava esperando que aquela estranha criatura o ajuda se .
Twisted Evil Twisted Evil

_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Qui Mar 15, 2018 7:34 am

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 5/8
Tormento 7/4 (+2 Tormento)
Dustiel -1 Ferido (Contusivo)




Reino Umbral da Floresta Negra 

Dustiel planava com suas longas asas negras em direção a figura pálida e sepulcral a sua frente. O Elohim sentia uma presença inquietante que vinha da velha, um sentimento de agonia que o obrigaram a findar com suas palavras antes que o necessário. Assustado Dustiel percebeu que havia parado no meio do caminho, a água do lago havia envolvido suas duas pernas como um grande e viscoso piche grudento e consistente que o impedia de se aproximar mais da velha que apenas o encarava com olhos malditos. 

Dustiel tentou tirar seus pés mas muito firme aquele piche. 

Finalmente então a velha abriu sua boca, mas não foram palavras qe saíram dela e sim uma duzia de criaturas voadoras como insetos, gafanhotos, moscas e todo tipo de pragas. Elas avançaram até Dustiel e repudiaram o Elohim que se debatia para que aquele mundo de insetos não entrassem por todos os orificios possiveis do Elohim que sentiu como se algo estivesse tentando arrancar sua cerne do corpo de Alex, as duas almas a de Dustiel e a de Alex começavam a ficar mais distantes e antes que pudesse perceber Dustiel já havia sido envolvido por completo pela grande manta negra de piche que era o lago... 


Citação :

Dustiel Teste de Vigor Diff 7. = 2 Sucessos

Quando Dustiel abriu os olhos ele estava outra vez em com seu completo semblante aberto, ele ainda sentia a essencia de Alex Riverstorm com ele mas ele estava com parte de sua essencial primordial fragmentada, havia dor exatamente como sentia como quando era humano, havia frio e Dustiel estava em uma grande lagoa congelada outra vez, mas tudo era muito branco e sombrio ao mesmo tempo 


Ainda ferido a forma verdadeira de Dustiel se ergueu ainda tendando entender o poder daquela estranha criatura. Não havia mais nenhum lugar para ir além da curiosa arvore congelada e assim que se aproximou percebe que todas as folhas estavam duras como pedra. As folhas brilhavam como se pudessem ter alma e bem no caula ao pé da arvora Dustiel encontrou um rosário feito de metal negro. 


_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Mitzrael
Admin
Admin
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Seg Mar 19, 2018 1:42 pm

dunstirl camiha sobre aquele lugar estanho em direção a arvore sem entender muito o que estava acontecendo ali .

ONDE FOI QUE EU ESTOU AGORA SERÁ OUTRO REINO ??

Dunstiel pegava o rosario e envolvia em sua mão e ia pra de baixo da arvore .

O que sera tudo isso ? onde estou afinal ? quem era aquela mulher ??

Twisted Evil Twisted Evil

_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Ter Mar 20, 2018 11:18 pm

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 5/8
Tormento 7/4 (+2 Tormento)
Dustiel -1 Ferido (Contusivo)




Reino Umbral da Floresta Negra 

Dustiel sentiu os rigores da infestação parasitante logo nos primeiros passos, era como se todo o seu corpo tivesse sido picado por mil abelhas ou cobras, havia dor e agonia em seu corpo e isso dificultava a sua linha de raciocinio. Era uma agonia infindável, mas mesmo assim ele prosseguia até próximo da grande árvore. 

No mesmo momento em que segurou o rosário sentiu um incrível alívio. Uma sensação de paz percorreu o seu corpo começando pela mão até a cabeça e depois para todo o corpo, uma voz falava em sua mente como uma lembrança do passado, como se ele se recordasse de uma passagem bem antiga...

História escreveu:
- Diz a lenda, que o rosário da árvore branca é capaz de expurgar todo e qualquer espirito agressor que exista, contudo o espirito Mati-Taperê "A rasga Mortalha" só pode ser trancado se a chave mestra e uma tesoura forem enterrados no chão enquanto alguém segura firmemente o rosário da arvore branca. 

Dustiel lembrou dessas palavras como se já tivesse ouvido aquela lenda em algum lugar, percebeu então que uma lacraia percorria a sua mão direita. Logo em seguida outra e mais outra. Dustiel era resistente o suficiente para se aguentar em pé, outra pessoa certamente não teria vigor suficiente para se aguentar como ele estava aguentando aquela dor. Restava ao Elohim encontrar a tal chave mestra e uma tesoura para ser enterrados juntos e assim prender aquela criatura. Algo lhe dizia que aquela estranha velha poderia saber onde estava a localização da espada da Morte e Vida que ele tanto procura. Mas por onde começar naquele imenso cenário branco de nave no chão e uma única arvore no mesmo da neve ?





_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Mitzrael
Admin
Admin
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Dom Abr 08, 2018 7:02 am

Dunstiel olha em sua volta e via que precisava continuar sua jornada , não podia se dar por vencido .
ele colocava sua mao no tronco da arvore dava um empulso para planar o mas alto possivel para ter uma visao ampla do local .

Onde será que eu estou ? preciso usar meus dons de investigador pra achar esses itens e asim salvar as vidas de rav e dos aldeoes .

Dunstiel olha atentamente na procura de algo que desse pistas pro seu proximo passo . Twisted Evil Twisted Evil

_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   Sab Abr 14, 2018 3:54 am

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 5/8
Tormento 7/4 (+2 Tormento)
Dustiel -1 Ferido (Contusivo)




REINO UMBRAL DA FLORESTA DA ARVORE BRANCA



Dustiel ergue voo para ter uma visão mais geral do local, depois de ter se lembrado de forma misteriosa sobre a lenda da "Conta da Arvore Branca" que estava em suas mãos as coisas ficaram um pouco mais faceis para entender onde estava. Aquele lugar era na verdade um Dominio que foi criado pela própria arvore ao longo do tempo como uma forma de controle contra criaturas malditas, não se sabia ao certo quem havia criado aquele pequeno Dominio, mas de fato ele não era tão grande assim e ao levantar voo Dustiel percebeu que os límites do cenário se davam como se fosse uma grande pizza no meio do nada e que a passagem principal do Dominio era a própria arvore, ao toca-la ele pecebeu que poderia viajar para dois reinos próximos que se interligavam por meio do pequeno dominio da Arvore Branca. 

O domínio ainda desconhecido ao qual estava anteriormente quando encontrou aquela entidade que o derrubou ali e a próprio Velho Eden onde ele poderia fácilmente poder voltar para a floresta amazonica apenas tocando na arvore outra vez. 

Apesar de estar ali naquele lugar e sobrevoando tudo. A observação do Elohim não se limitou apenas a geografia do local. Ele sabia que aquele artefato era um ótimo mecanismo de defesa para afastar espectros malditos cegando-os com o brilho da luz branca que iluminava ao empunha-la para o alto ou até mesmo ferindo-os em contato direto com o objeto. Mas contra a entidade em questão que aparentemente estava em posse da espada ele precisava de uma tesoura. Talvez fosse mais fácil encontrar tal objeto no velho Éden já estava na hora de voltar e ver como a cidade de Marcos estava, considerando que a misteriosa entidade Matinta Perereira estava fadada a voltar a região para buscar a sua oferenda naquela noite. talvez ele conseguisse encontrar a tesoura e realizar o tirual a tempo. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


MensagemAssunto: Re: Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Corvus Oculum Corvi Non Eruit - A Jornada do Algoz Dustiel
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Rota 01 -O início de uma longa jornada.
» [FANFIC] Pokémon Revolution, a jornada de Brian e Letícia.
» [M.E.P - Rodrick Chapéu De Palha ] " A jornada do herói nº 356"
» Uma Grande Jornada Se Inicia Com Um Único Passo
» Seguindo Jornada

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Entre Anjos e Demônios :: Narrativas :: Contos Aleatórios (Side Quests)-
Ir para: